Pular para o conteúdo
Voltar

Estado entrega alimentos da agricultura familiar ao Hospital do Câncer

Ao hospital filantrópico foram entregues diversas hortaliças como alface, cebolinha, rúcula, almeirão, além de legumes e verduras como abóbora, abobrinha, quiabo e jiló
Luciana Cury/Thaylla Maiza | Seaf-MT

Coordenadora de nutrição da unidade hospitalar, Luana Falcão, comenta que a quantidade de itens recebidos alimentará pacientes e os acompanhantes - Foto por: Lucas Diego/Seaf-MT
Coordenadora de nutrição da unidade hospitalar, Luana Falcão, comenta que a quantidade de itens recebidos alimentará pacientes e os acompanhantes
A | A

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), entregou na manhã desta quinta-feira (12.08) 250 kg de alimentos ao Hospital do Câncer, em Cuiabá. A entrega faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), promovido pelo Governo Federal e colocado em prática pelos governos estaduais. Em Mato Grosso o programa é coordenado pela Seaf e pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

Ao hospital filantrópico, que atua na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer foram entregues diversas hortaliças como alface, cebolinha, rúcula, almeirão, além de legumes e verduras como abóbora, abobrinha, quiabo e jiló. Segundo a coordenadora de nutrição da unidade hospitalar, Luana Falcão, a quantidade de itens recebidos, além de alimentar os pacientes internados, também atenderá aos acompanhantes. “Temos 116 leitos e toda essa quantidade doada será de grande importância para nossos pacientes e acompanhantes, que em sua grande maioria, são vulneráveis e com poucas condições de terem uma alimentação adequada”, comenta a nutricionista, que acrescenta ainda que o Hospital do Câncer fornece aos pacientes e familiares que os acompanham café da manhã, almoço e janta.

O produtor familiar José Antônio Berça, responsável por parte da produção entregue a unidade hospitalar e que junto com a esposa e dois filhos trabalha na produção de folhagem, elogia a iniciativa do programa, que em síntese apoia quem planta e alimenta quem está com dificuldades. “Quem vive do campo como nós, dedicando tempo e energia, queremos ver nossa produção toda vendida, e esse programa está nos ajudando muito nesse sentido”, relata José Berça, que tem uma propriedade na região da Guia.

O secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, comenta que até o momento 89 entidades, entre escolas, hospitais, associações beneficentes e centros de assistência social, já foram beneficiadas com os alimentos comprados pelo PAA. Em Mato Grosso já foram entregues até o momento 390 toneladas de produtos nas cidades de Alto Araguaia, Alto da Boa Vista, Apiacás, Arenápolis, Carlinda, Cláudia, Cuiabá, Diamantino, Juara, Lucas do Rio Verde, Matupá, Mirassol Doeste, Nova Canaã do Norte, Pedra Preta, Peixoto de Azevedo, Poconé, Rondonópolis, Santo Antônio do Leverger e Tapurah.

Sobre o programa

No Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) são adquiridos hortaliças, verduras, legumes, frutas, polpas de frutas, grãos, derivados de origem animal com mel, leite, ovos e carnes de frango e suína. Podem participar do PAA apenas aqueles agricultores familiares individuais enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).  Entre as principais finalidades da ação estão o incentivo da agricultura familiar e a promoção do acesso à alimentação. Para o alcance desses dois objetivos, o Programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação e valores compatíveis aos de mercado, e os destina às pessoas em situação de Insegurança Alimentar e Nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de Segurança Alimentar e Nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino.