Pular para o conteúdo
Voltar

No Palácio Paiaguás, Mauro Mendes dá posse a seis novos secretários de Estado

Por Por Elisete Mengatti

O secretariado do governador Mauro Mendes passou pela primeira grande mudança. Em solenidade, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (4), no Palácio Paiaguás, o governador Mauro Mendes, deu posse, a novos secretários que assumiram cargos em substituição aos que deixaram as Secretarias recentemente./

Na Secretaria de Agricultura Familiar, Seaf, Silvano Amaral foi substituído por Tete Bezerra./ Rogério Gallo deixou Secretaria de Fazenda, Sefaz para assumir a Secretaria da Casa Civil no lugar de Mauro Carvalho.//

Na Sefaz, assumiu o atual adjunto de Receita Pública da pasta, Fábio Pimenta./ Na Saúde, Kelluby de Oliveira, assumiu a pasta que era ocupada por Gilberto Figueiredo./  Já na Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Secitec, Mauricio Munhoz assumiu a vaga deixada por Nilton Borgato; e finalmente, na Secretária de Cultura Esporte e Lazer, o atual adjunto de Esportes, Jefferson Neves, assume a pasta que antes era ocupada por Alberto Machado, o Beto Dois a Um.//

Mauro Mendes agradeceu os serviços prestados pelos secretários que deixaram os cargos e desejou sorte e sucesso aos novos membros do seu staff.//

Sonora Mauro Mendes

Na Seciteci, além de novos projetos, a meta do novo secretário Maurício Munhóz é dar continuidade ao trabalho que já vem sendo realizado.//

Sonora Maurício Munhóz

A ex deputada Tetê Bezerra, assumiu a Seaf com o intuito de reforçar ações em benefício da Agricultura Familiar no Estado.//

Sonora Teté Bezerra

E apesar da grande responsabilidade que é gerir a Secretaria de Fazenda de Mato Grosso, o novo secretário da Pasta disse estar preparado para a função e que, o bom trabalho que vem sendo realizado terá continuidade.//

Sonora – Fábio Pimenta

Na mesma solenidade foram empossados os novos secretários de Saúde, Kellubby de Oliveira, da cultura esporte e Lazer, Jeferson Neves e da Casa civil, Rogério Galo.// A solenidade foi prestigiada por representantes do Senado, da Câmara Federal, da Assembleia Legislativa, Tribunal de conta e outras autoridades.//