Pular para o conteúdo
Voltar

Governo de Mato Grosso lança novo edital de compra de novilhas girolando prenhas

Mato Grosso tem ajudado que famílias da agricultura familiar ligadas à pecuária tenham a oportunidade de terem animais geneticamente melhores e que produzam mais leite
Luciana Cury | Seaf-MT

Exemplares como esses serão adquiridos pelo Governo do Estado. São novilhas da raça Girolando ½ sangue, já prenhas com embrião sexado fêmea, também Girolando. - Foto por: Reprodução
Exemplares como esses serão adquiridos pelo Governo do Estado. São novilhas da raça Girolando ½ sangue, já prenhas com embrião sexado fêmea, também Girolando.
A | A

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), está com inscrições abertas para o novo edital de seleção de associações ou cooperativas sem fins lucrativos (OSC), ligadas à produção da cadeia leiteira, que tenham condições financeiras de dar contrapartida de 100% na compra de novilhas Girolando ½ sangue, com gestação de embrião sexado fêmea, também Girolando.

Pela proposta, a Seaf compra novilhas e a entidade participante entra com contrapartida na mesma quantidade adquirida pelo Estado, e repassa os animais a produtores familiares ligados à pecuária. Dessa forma, o Governo do Estado auxilia que o gado leiteiro de famílias da agricultura familiar melhore geneticamente e, consequentemente, a quantidade de leite produzida na propriedade.

O envio de propostas ao edital de chamamento público, aberto no dia 25 do mês passado, pode ser feito até o dia 24 desse mês, pelos Correios. Serão selecionadas aquelas entidades que, obrigatoriamente, sejam do segmento da agricultura familiar e que desenvolvam atividades relacionadas a cadeia produtiva do leite.

Conforme estabelece o edital, cada associação terá que apresentar condições financeiras para adquirir no mínimo de 15 novilhas prenhas, algo em torno de R$ 270 mil. Já o Governo do Estado entra com contrapartida de doar a mesma quantidade de animais que a associação adquirir.

A associação ou cooperativa, juntamente com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), será a responsável por selecionar os produtores familiares a receberem as novilhas. A Seaf ficará responsável por coordenar, acompanhar e monitorar do projeto, com o apoio da Empaer.

No dia 07 de julho serão divulgadas, no Diário Oficial do Estado, as propostas selecionadas. 

MT Produtivo Leite

O Governo do Estado vem desde 2019 investindo na compra de máquinas e serviços destinados ao fortalecimento e expansão da bacia leiteira mato-grossense. Até o momento já foram adquiridos 830 resfriadores de leite, 118 ordenhadeiras de leite, 27 mil doses de sêmen bovino, realizados 1.750 prenhezes, 43 mil toneladas de calcário para correção de pastagem, seis caminhões isotérmicos para o transporte de leite e o repasse de dois silos isotérmicos para estocagem de leite.